quarta-feira, 30 de agosto de 2006

Gordura Trans: Informação no Rótulo, agora é Lei

Terminou neste mês o prazo para que as indústrias do setor alimentício mudem os rótulos das embalagens dos produtos e acrescentem a quantidade de GORDURA TRANS presente nos alimentos. A gordura trans é produzida em um processo químico chamado hidrogenização, que transforma o óleo vegetal líqüido em gordura sólida. Essa gordura é muito usada pela indústria, pois deixa os alimentos mais consistentes, saborosos, crocantes, duradouros, com melhor resistência e maior tempo de prateleira. Contudo a gordura trans aumenta a quantidade de colesterol ruim no organismo e é um fator de risco para problemas cardiovasculares. Os especialistas alertam para a quantidade máxima de ingestão por dia: “para uma dieta diária de 2.000 calorias, o consumo máximo de gordura trans seria de 2 gramas”. Esta Norma da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) também determina que além da quantidade de gordura trans, os rótulos devem informar o valor energético e a quantidade de carboidratos, proteínas, gorduras totais e saturadas, fibra alimentar e sódio presentes no alimento. Até o próximo dia 31 de dezembro, as empresas que fabricarem produtos em desacordo com a resolução da Anvisa serão notificadas e a partir de 1º de janeiro de 2007 porém, os fabricantes que não cumprirem as regras ficarão sujeitos às multas que vão de R$ 2.000 a R$ 1,5 milhão. Acesse o site da Anvisa (www.anvisa.gov.br) e tenha acesso ao Manual deBbolso com todas as informações nutricionais que devem estar nos rótulos e este mesmo manual será distribuído, gratuitamente, nos supermercados e hipermercados.
Agora que você já conhece este determinação. Fique atento!

2 comentários:

Thiago disse...

Acabei de comprar um biscoito da marca Nestlé chamado Negresco sabor Chocolate com Menta (Ice Mint) e não consta se tem ou não gosrdura trans. Lote: 61241221-9

Instituto Ética nos Negócios disse...

Prezado Thiago,
Conforme informado na mensagem, de agora até 31/dez/07 as empresas que não cumprirem as determinações da ANFISA serão notificadas e a partir de 1º/jan/07 serão multadas se não cumprirem esta norma.
Estaremos enviado seu comentário à Nestlé e vamos aguardar seu posicionamento oficial.
Um abraço.
Douglas Flinto